Wellington Moreira Pimentel
(1987-1988)

 

Nasceu em 19 de setembro de 1929, em Maceió, no estado de Alagoas. Em 20 de novembro de 1956, foi nomeado juiz substituto da Seção Judiciária do Território do Amapá, e, em 2 de julho de 1957, 28º juiz substituto da Justiça do Distrito Federal. Com a mudança da Capital Federal para Brasília e a criação do estado da Guanabara em 1960, passou a integrar a magistratura dessa unidade federativa. Neste mesmo ano, foi promovido a juiz de direito, ascendendo a juiz do Tribunal de Alçada em 1968, do qual veio a ser vice-presidente em 1972. Com a fusão dos antigos estados do Rio de Janeiro e da Guanabara, em 1975, passou a integrar o atual Judiciário fluminense. Em 14 de novembro de 1979, assumiu o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJERJ), do qual se tornou presidente no biênio 1987-1988. Dedicou-se também ao magistério, lecionando na Universidade Gama Filho, onde foi reitor, na Universidade Católica de Petrópolis, e na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi também membro da Academia Brasileira de Letras Jurídicas. Em 2004, o complexo de prédios do Arquivo Central do TJERJ recebeu o seu nome. Aposentou-se em 1989, e faleceu em 8 de setembro de 2004.

Imagem: Cerimonial TJERJ.

 

Para mais informações, entre em contato com o Serviço de Acervo Textual, Audiovisual e de Pesquisas Históricas (SEATA).