Palácios

 

Palácios

Os antigos Palácios da Justiça do Rio de Janeiro (APJ-Rio) e de Niterói (APJ-Niterói), por várias décadas, sediaram julgamentos e fatos relevantes da justiça brasileira e fluminense. Hoje, restaurados, constituem parte importante do patrimônio histórico do Poder Judiciário estadual. Seus espaços de preservação, formados por tribunas e salões, estão abertos à visitação pública. No interior e fachadas de cada edifício, o visitante pode apreciar a beleza de sua arquitetura, mobiliário e elementos decorativos; além de conhecer a história do Direito e da Justiça no Brasil, participando de atividades culturais e educativas promovidas pelo CCMJ.

APJ-RIO
Antigo Palácio da Justiça do Rio de Janeiro

No centro histórico do Rio de Janeiro, encontra-se o Antigo Palácio da Justiça, inaugurado em 1926 para ser a sede da Corte de Apelação do então Distrito Federal e de outros órgãos da justiça local. O palácio abrigou, por mais de setenta anos, diferentes tribunais até a última sessão do Tribunal de Alçada Criminal, em 18 de fevereiro de 1998.
Saiba Mais

 

APJ-NITERÓI Antigo Palácio da Justiça de Niterói

Construído para sediar o Tribunal da Relação do antigo Estado do Rio de Janeiro e o Fórum da comarca de Niterói, o Palácio sediou a Corte daquele estado de 1920 até 1975, ano em que se deu a fusão com o Estado da Guanabara. Em 2009, foram realizadas as últimas sessões do tribunal do júri e, no ano seguinte, o prédio foi submetido a obras de reforma e restauração.
Saiba Mais