A Videira e os Galhos

 

Placa em fibra, de tom ocre, representando em baixo relevo, cena em que figura bíblica em primeiro plano à esquerda é reverenciada por 12 figuras masculinas, trajando togas e capelos, agarrados a ramos de uma videira, que vão da direita ao fundo. Cada apóstolo representa um amigo Desembargador de Deocleciano.

Material/técnica: Fibra de poliéster, resina e madeira talhada.

Medidas: 146cm altura x 106cm largura x 2cm comprimento.

VI - A Videira e os galhos

"A verdadeira vide sou eu, e vós – os galhos.

Meu pai – o agricultor. E o que der fruto em mim, poderá, cuidará que dê melhores frutos, e o que se desligar será lançado ao fogo.

Permanecei em mim; guardai minhas palavras de purificação, fecundidade e amor e o preceito cumprido, o meu amor recresce em completa alegria e em bemaventuranças.

O preceito ressalto: ``Amai-vos uns aos outros!´´ e prestai atenção que não vos chamo servos, mas amigos, a quem tudo vos dei do Pai!

Não vistes vós a mim, mas eu vos escolhi, por predestinação, a dar fecundos frutos e outros quantos tereis, se em meu nome pedirdes!"

São João 15: 1,17

Eu sou a verdadeira vide, e meu pai é o agricultor. Toda a vara que não dá fruto em mim ele cortará: e toda a que der fruto em mim, ele à cortará: e toda a que der fruto, podá-la-á, para que dê mais abundante fruto. Vós já estais puros em virtude da palavra que vos anunciei. Permanecei em mim, e eu (permanecerei) em vós. Como a vara não pode de si mesma dar fruto, se não permanecer na videira assim também vós (o não podereis dar), se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira e vos as varas. O que permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto, porque, sem mim, nada podeis fazer. Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora com a vara, e secará, e enfeixá-lo-ão, e o lançarão no fogo, e arderá. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e ser-vos-á concedido. Nisto é glorificado meu pai, em que vós deis muito fruto, e sejais meus (verdadeiros) discípulos. Como o pai me amou, assim, eu vos amei, permanecerei no meu amor. Se observardes os meus preceitos, permanecereis no meu amor, como eu observei os preceitos de meu pai, e permaneço no seu amor. Disse-vos estar coisas, para que a minha alegria fique em vos, e para que a vossa alegria seja completa.

Aqui os juízes estão seguros ao galho da justiça, na certeza de que a sua atividade é dividida. Ao invés dos apóstolos, outros 12 apóstolos novos, porque de ação cristianizante, e pensei em homenagear neste painel meus colegas católicos praticantes: Desembargadores Martinho Garcez Neto, Aloysio Maria Teixeira, José Murta Ribeiro, João Frederico Mourão Russel, Alberto Mourão Russel, Darcy Roquette Vaz, Cristovam Breiner, Mauro Gouvêa Coelho, Marcelo Santiago Costa, Luis Silvério da Rocha Lagôa, Henrique Horta de Andrade e Sady Cardoso de Gusmão.

As parábolas, Deocleciano Martins de Oliveira.